Pescadores dos Açores isentos de descarregar pesca acessória

2019-01-08

Pescadores dos Açores isentos de descarregar pesca acessória

A Comissão Europeia decidiu, o Governo Regionais e os pescadores açorianos congratulam-se com a medida: a frota pesqueira da Região está isenta de descarregar espécies capturadas de forma acessória.

Desde 1 de janeiro, as frotas pesqueiras da União Europeia devem eliminar a prática das devoluções ao mar de todas as espécies sujeitas ao regime de Totais Admissíveis de Captura (TAC) e quotas.

Gui Menezes, Secretário Regional do Mar, salienta que a isenção da obrigatoriedade de desembarque de espécies associadas à pescaria de linha e anzol se deveu aos argumentos apresentados pelo Governo Regional à Comissão Europeia em 2018, em colaboração com os cientistas da Região, uma vez que a maior parte da pesca nos Açores é praticada com artes de anzol, particularmente com linhas-de-mão, uma técnica seletiva com reduzida taxa de capturas indesejadas, quando comparada com outras artes de pesca, sendo que muitas das espécies alvo, nomeadamente o goraz, apresentam “alta capacidade de sobrevivência”.

Também a Federação das Pescas dos Açores já se congratulou com esta decisão de Bruxelas.