Mais insolvências do que novas empresas em 2018 nos Açores

2019-01-11

Mais insolvências do que novas empresas em 2018 nos Açores

O tecido empresarial açoriano, ao contrário do que se possa pensar, diminuiu em 2018, tendo sido registadas menos 0,8% novas empresas que no ano anterior e um aumento de 18,9% nas insolvências.

Os dados são revelados pela Iberinform e apontam que, nos Açores, a constituição de novas empresas em 2018 sofreu um decréscimo de 0,8% (menos quatro do que em 2017) sendo que os processos de insolvência aumentaram em 18,9% em 2018 (mais 11 que no ano anterior).

Só em Angra do Heroísmo se registou um aumento das constituições de novas empresas, tendo-se registado mais 10 novas empresa (+8,5%). Já em Ponta Delgada houve um decréscimo de 1% (menos 3 novas empresas que no ano anterior) e na Horta de menos 16,2% (menos 11 novas empresas que em 2017).

No que respeita às insolvências em 2018, Angra do Heroísmo registou o maior número de insolvências (mais 90% que em 2017) e a Horta (60%). Já Ponta Delgada diminuiu o número em 2,3% para 42 insolvências, menos uma que em 2017.