Graça Silveira diz que Líder do CDS-PP lhe impôs a "lei da rolha"

2019-03-22

Graça Silveira diz que Líder do CDS-PP lhe impôs a

Estalou o verniz no CDS-PP Açores. 

Uma deputada diz estar silenciada pelo Líder Parlamentar na Assembleia Legislativa. 

A imprensa fala em disputa interna pela liderança do partido nos Açores.

Há também notícias que dão conta de que eleições para órgãos de ilha do CDS-PP no Corvo foram feitas com gente próxima do PPM…

Vamos por partes.

Graça Silveira, Deputada e Dirigente do CDS-PP Açores, afirma que uma alegada perda de confiança pessoal levou a que Artur Lima, Presidente e Líder Parlamentar nos Açores, lhe tenha retirado serviço e imposto a lei da rolha.

Em declarações ao RCA (oiça aqui), acrescenta que em causa está o facto de Graça Silveira não estar alinhada com a atual liderança de Artur Lima.

Entretanto, o jornal Diário Insular de hoje diz ter apurado que Luís Silveira, Vice-presidente de Artur Lima e único presidente de Câmara Municipal pelo CDS nos Açores, na Câmara das Velas, em São Jorge, deverá disputar a presidência do Partido com Artur Lima, no próximo Congresso Regional.

Segundo o Diário Insular, Luís Silveira reúne apoios entre os dirigentes centristas que estão contra a continuidade de Artur Lima na liderança regional do partido.

O jornal acrescenta ainda que, neste momento, os opositores de Artur Lima dominam as comissões de ilha do partido na Terceira, São Jorge e Flores, enquanto em outras ilhas decorre o processo para a eleição de dirigentes como é o caso do Corvo, onde elementos que eram afetos ao PPM apresentaram uma candidatura à estrutura de ilha do CDS-PP.

Santa Maria, Pico e Graciosa são outras ilhas onde também deverão ser realizadas, em breve, eleições para os órgãos de ilha do CDS.