Região quer plano específico no âmbito da próxima Política Agrícola Comum (PAC 2021/2027)

20-09-2021

O Governo Regional foi a Lisboa pedir ao Ministro da Agricultura para que aceite um plano estratégico próprio da Região no âmbito da Política Agrícola Comum 2021/2027.

Região quer plano específico no âmbito da próxima Política Agrícola Comum (PAC 2021/2027)

O Governo Regional foi a Lisboa pedir ao Ministro da Agricultura para que aceite um plano estratégico próprio da Região no âmbito da Política Agrícola Comum 2021/2027.

João Ponte, Secretário Regional da Agricultura reuniu-se com Capoulas Santos e com o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação e, à semelhança do que aconteceu no atual quadro comunitário, advertiu para as especificidades próprias da agricultura na Região.

“As condições edafo-climáticas, a pequena superfície e o isolamento das ilhas tornam mais difícil o exercício da agricultura, a sustentabilidade ambiental e o desenvolvimento harmonioso das zonas rurais, exigindo abordagens distintas do território continental, metas e objetivos diferentes, que só podem ser atendidas com políticas e respostas diferenciadas, por isso, o Governo dos Açores defende a regionalização dos planos estratégicos para a próxima PAC”, disse.

O Secretário Regional da Agricultura considerou ainda imprescindível garantir-se um período de transição entre o atual e o próximo Quadro Comunitário de Apoio, de modo a serem asseguradas as ajudas aos agricultores, bem como os meios financeiros para a contínua modernização do setor, fatores essenciais para permitir, durante a transição entre quadros, assegurar a rentabilidade das explorações agrícolas e o desenvolvimento das economias locais.

Para João Ponte, se aos Estados-Membros se pretende dar uma maior responsabilidade para adaptar as intervenções da PAC, de modo a maximizar a sua contribuição para os objetivos da União Europeia, é pertinente que essa adaptação possa ser efetuada com programas regionais em zonas com caraterísticas específicas, como é o caso das Regiões Ultraperiféricas.